Da Casa para o Beco

Com a prestável colaboração e disponibilidade do FabLab de Lisbon, concretizou-se um dos projetos da EBANO Colletive.

EBANOCollective, um coletivo de cientistas sociais e artistas, realiza curadoria e intervenções artísticas site-specific no espaço público, resultantes do diálogo entre prática artística e pesquisa etnográfica.

O Beco do Rosendo, na Mouraria, foi o lugar de uma destas intervenções que teve como objetivo responder a diversas problemáticas e características locais. Entre diversas intervenções projetadas em diálogo com os moradores e associações locais, considerou-se pertinente interceptar o passado semi-industrial do beco e dar visibilidade à presença de ofícios, atualmente extintos, que há algumas décadas se concentravam no Beco trazendo-os para o espaço público, através de esculturas realizadas para o efeito. Tornaram-se, assim, visíveis e públicos objetos e ferramentas características destes ofícios através de esculturas, posteriormente instaladas estrategicamente com o objetivo de melhorar a visibilidade dos pontos de acesso ao Beco e reatualizar a memória do Beco do Rosendo como um espaço semi-doméstico.

 

Slide1

Após uma pré-seleção dos materiais considerados como ‘lixo’ na antiga Serralharia da Baixa (parafusos, placas de ferro, ferramentas, etc.), situada no Beco do Rosendo, foi possível transportar o material e criar uma residência temporária de trabalho no FabLab, onde criamos e experimentamos diversas composições até chegar aos objetos finais.


Slide2


Slide3

Num princípio de intercâmbio de competências, serviços e técnicas, foi ainda possível disponibilizar a arte e o ofício da soldagem a qualquer utilizador do FabLab (para utilização própria e/ou aprendizagem. Contamos igualmente com a colaboração de um serralheiro local que se disponibilizou a ajudar na soldagem das peças e a prestar esclarecimentos técnicos necessários.


Slide4


Slide5

Convidamo-los a todos e todas a visitarem esta e outras instalações no Beco do Rosendo, à Rua da Madalena, Mouraria !

Silvia Olivença e Lorenzo Bordonaro

Projecto patrocinado pela associação Renovar a Mouraria e financiado através do programa BIP-ZIP 2013 da Câmara Municipal de Lisboa. A intervenção do EBANOCollective conta ainda com o apoio do FabLab de Lisboa. Data de conclusão: Junho de 2014.

Art